Hipnoterapia

A terapia com Hipnose leva a uma alteração da percepção da realidade através de técnicas verbais ou não verbais, e, por meio de sugestões que são aceitas pelo subconsciente alterar padrões inconvenientes ou indesejáveis.

Na maioria das vezes se associa ao transe, que é um estado alterado de consciência e de profundo relaxamento, e é onde ocorrem as mudanças para melhor. Ou seja, onde o subconsciente está mais apto a aceitar as sugestões e a mudar.

Com a hipnose a pessoa pode conseguir recursos que nem supunha possuir, mas que estavam latentes em seu interior.

É importante destacar que o uso da Hipnose é reconhecido e recomendado pelo Conselho Federal de Medicina e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

Psicodermatologia

A psicodermatologia está inserida no contexto mais amplo da dermatologia integrativa, a qual, além de enfatizar as relações terapêuticas entre médico e paciente, também faz uso de todos os tipos de terapias consagradas cientificamente, a fim de diagnosticar as principais dermatoses que recebem nítida influência do psiquismo ou atuam sobre ele focando, também, nos recursos mais adequados para lidar com tais patologias.

 

Dermatologia Clínica e Preventiva

A pele é o maior e mais visível órgão do corpo humano. E os dermatologistas ajudam você a manter sua pele, cabelo e unhas saudáveis. Por se dedicarem exclusivamente aos cuidados com a pele, cabelos, pelos e unhas, os dermatologistas sabem a importância da pele saudável para uma vida saudável.  A Dermatologia Clínica e Preventiva é responsável pelo diagnóstico, prevenção ou tratamento das doenças e problemas que atingem a pele e seus anexos.

 

Onicologia

A onicologia é uma subespecialidade da dermatologia que se ocupa do diagnóstico e do tratamento clínico-cirúrgico das doenças que acometem a unidade ungueal. Dentre as doenças mais comuns dessa região estão a unha encravada, a onicomicose e as unhas frágeis. Existem doenças inflamatórias ungueais como a paroníquia, inflamação e infecção ao redor das unhas, psoríase e líquen ungueal. Todas estas alterações afetam o paciente em sua vida diária, muitas vezes por ser limitante, bem como interfere na sua autoestima. Muito importante são os tumores ungueais. Devemos estar atentos a manchas que surgem nas unhas com uma aparência simples e que pode significar doença grave como o melanoma, uma doença que deve ser diagnosticada em sua fase inicial pois trata-se de um tipo de câncer agressivo. Sendo assim, esta subespecialidade dentro da dermatologia é de extremo interesse tanto para médicos como para pacientes. Qualquer alteração das unhas, procure o seu médico dermatologista.

 

Dermatologia Oncológica

O câncer da pele é o tipo de câncer mais frequente no Brasil. A Dermatologia Oncológica é responsável pelo diagnóstico, tratamento e prevenção deste tipo de câncer. É preciso saber reconhecer os primeiros sinais de alerta para o câncer da pele. O dermatologista é o profissional mais indicado para essa tarefa. Examinar periodicamente o corpo dos pacientes e identificar lesões suspeitas de câncer da pele, usando o diagnóstico por imagens, exames não invasivos, como o mapeamento corporal total e a dermatoscopia digital, são medidas usadas para mapear áreas e lesões suspeitas, mesmo aquelas que nem podem ser vistas a olho nu. Dessa forma, os pacientes podem ser monitorados com eficácia e segurança.

Uma vez confirmado o diagnóstico, o dermatologista dispõe de todos os recursos para manejar tratamento da doença e encontrar a opção terapêutica cirúrgica, ou não, mais adequada para cada paciente. Ele prestará o suporte necessário e realizará as cirurgias e reconstruções. Como parte do seu papel social de prevenção do câncer da pele, cabe ao dermatologista orientar, educar e realizar campanhas que conscientizem sobre a exposição solar e outros temas correlatos. Sendo conhecedor das características da pele e do estilo de vida de seus pacientes, este profissional tem condições de indicar estratégias e produtos para fotoproteção que se adaptem ao perfil de cada um.