ACANTOSE

Doença de pele caracterizada por manchas escuras resultantes de uma hiperceratose.

O que é?

Doença de pele caracterizada por manchas escuras resultantes de uma hiperceratose (aumento da camada mais superficial da pele) e hiperpigmentação (lesões de cor cinza e engrossadas que dão aspecto verrucoso), podendo afetar pessoas saudáveis ou estar associada a outras doenças como diabetes, obesidade, doenças ovarianas, distúrbios metabólicos, doenças da tireoide e câncer do aparelho digestivo. Existem quatro tipos de acantose: -Síndrome de Miescher – hereditária e benigna; -Síndrome de Gougerot Carteaud – benigna e possivelmente hereditária, acomete mulheres jovens; -Pseudoacantose – benigna e associada à obesidade e alterações endócrinas; -Acantose Maligna – frequentemente associada a cânceres do tubo digestivo e fígado.

Sintomas

Costuma iniciar com um leve escurecimento da pele que vai se tornando espessa e mais escura ,com aspecto verrucoso e aveludado;muitas vezes acompanhadas de prurido. Evolui lenta e gradualmente durante anos. As dobras e pregas são os locais mais afetados, ocorrendo, geralmente, nas axilas, pescoço e virilha, podendo ainda afetar pés, mãos e lábios.  Quando a causa é tratada, a doença costuma regredir.

Tratamentos

O principal objetivo do tratamento é encontrar e corrigir o que está provocando as lesões: obesidade, alterações endócrinas e uso de medicamentos etc. Se isso for feito, as lesões tendem a desaparecer gradativamente. Quando há suspeita de acantose maligna, uma investigação deve ser feita para a detecção do câncer subjacente, possível mente do aparelho digestivo. Quando não se encontra a causa, pode se prescrever despigmentantes e cremes ceratolíticos, como ácido retinóico, ácido salicílico e ureia para melhorar o aspecto da pele. Em alguns casos a dermoabrasão e o laser podem ser utilizados. Há casos que se beneficiam com retinóides orais (tretinoína e isotretinoína) e metformina.

Prevenção

Acantoses hereditárias não têm como prevenir, mas as causadas por doenças metabólicas e por aumento de peso corporal se beneficiam com os cuidados de saúde geral, como alimentação saudável e atividades físicas.

Texto original do site da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)